Aglow começou em 1967 com quatro mulheres que manifestaram o desejo de se reunir como cristãos sem fronteiras denominacionais. A primeira reunião foi realizada em Seattle, Washington, EUA, perto de onde a sede mundial Aglow existe hoje.

O encontro reuniu mais de 100 mulheres no Meany Hotel perto do campus da Universidade de Washington. Não demorou muito para que as mulheres que participaram daquela primeira reunião convidassem suas vizinhas e amigas para encontros em outras comunidades no entorno de Seattle. À medida que a notícia se espalhou, os novos grupos começaram a surgir em torno do estado de Washington, e, em poucos meses, grupos formados em outros estados norte-americanos.

Em 1972, mais de 60 grupos locais faziam reuniões mensais em torno dos EUA Em 1973, Aglow estava se movendo para o palco global, com comunidades no Canadá, e Nova Zelândia. A Holanda seguiu em 1974, marcando Aglow como uma "rede internacional de mulheres que zelam", em apenas seis anos.

HOJE, AGLOW ABRANGE O MUNDO TODO! E continua a chegar às mulheres - e homens - de todo credo, cor e cultura, e, por meio de mulheres, especialmente, para as famílias em todo o mundo. Há mais de 4.600 grupos Aglow em todo o mundo, cerca de 68% deles estão fora dos EUA (mais de 3.000 grupos).

Mais de 22.000 líderes Aglow ministram em suas comunidades e nações, para uma estimativa de 17 milhões de pessoas a cada ano. Hoje, os líderes indígenas estão supervisionando grupos Aglow em quase 170 nações.

Veja mais estatísticas Aglow