Cartas de Jane

Recentemente eu me senti atraída por uma palavra na lista de Elijah de Doug Addison. Ao ler, senti que deveria compartilhar trechos desta palavra com você. Nós somos o Exército de Aglow que tem vindo a crescer em nosso papel de intercessão na terra há quase 50 anos. Quero incentivá-lo a manter-se firme em suas nações, no meio das crises dos fins dos tempos.

Posicionados ao longo das nações do mundo, reconhecemos as dores do parto que estão chegando com maior intensidade. Nós vemos os sinais que nos indicam o retorno do Senhor. Sabemos que a guerra está na atmosfera e sabemos que temos sido envolvidos com a autoridade do Pai para ficarmos unidos como Seu povo na terra.

letter 3 11Há algumas semanas, fui acordada duas manhãs exatamente na mesma hora... 3:11!

Na primeira manhã, quando fui acordada de um sono profundo, fiquei imediatamente consciente da presença do Espírito Santo. Minha primeira resposta foi esperar em silêncio, e em seguida, adorar. À medida que eu adorava, comecei a expressar o meu amor, o meu apreço e a minha necessidade Dele. Senti uma profunda sensação de paz.

Duas manhãs depois, fui acordada mais uma vez. Por força do hábito, eu olhei meu celular para ver a hora. Você pode imaginar a minha surpresa ao registrar 3:11 novamente!

Como eu perguntei ao Senhor do que se tratava, senti que deveria procurar o significado do número 11. O número 11 fala de desordem e significa, "a última hora."

Um calafrio percorreu meu corpo, enquanto eu considerava o que o Espírito Santo queria me dizer. Geralmente, eu sempre quero encorajar os outros. Ainda assim, eu não pude me enganar com o que aconteceu.

Este é um tempo extraordinário para viver!
Este é um tempo de grande tumulto e guerra espiritual.
Este é um tempo onde a escuridão está ficando mais forte.

Mesmo assim, a promessa permanece a luz e a glória do céu aumentarão e cobrirão toda a escuridão.

A Guerra Invisível

Enquanto vemos o espírito de rebelião do anti-cristo se levantar na terra, penso numa declaração que li anos atrás, em A Guerra Invisível, por Donald Grey Barnhouse.

A Guerra foi declarada. O grande anjo regente tornou-se um inimigo maligno. Deus não estava surpreso nem mesmo espantado, pois Ele já tinha o Seu plano perfeito pronto para entrar em cena. Mesmo tendo poder para destruir Satanás com apenas um suspiro, Ele não o fez.

Era como se um decreto tivesse sido proclamado no céu. Vamos dar a esta rebelião um julgamento completo. Vamos permitir que seja executada em sua plenitude. O universo deve ver o que uma criatura, ainda que tenha sido a maior criatura a sair da Palavra de Deus, pode fazer longe d’Ele...

Deus nunca, nem pode, entregar-se. A entrega incondicional do Seu Universo a Ele deverá ocorrer. O inimigo não poderá, sob nenhuma circunstância, frustrar a Graça de Deus. O que Deus prometeu será cumprido!

A escuridão pode surgir como uma corrente de águas, mas a promessa dita através do profeta Isaías permanece.

Vindo o inimigo como uma corrente de águas, o Espírito do Senhor arvorará contra ele a sua bandeira. Isaías 59:19

Estamos em um momento ainda preocupante na história. Do meu ponto de vista, a partir da AGLOW, vejo alinhamento em muitas questões, tanto no céu como na terra, mais particularmente sobre a nossa grande amiga, Israel.

Primeiro quero  anunciar um alinhamento oportuno e importante em nome de Israel: a fundação de Líderes Cristãos Americanos para Israel (ACLI). Sandy Wezowicz, nosso Diretor de Educação sobre Israel e eu somos privilegiados por estar entre os membros fundadores, representando 15 organizações cristãs. AGLOW é uma parceria com a National Religious Broadcasters, a Embaixada Cristã Internacional de Jerusalém, o Christian Broadcasting Network e o Family Research Council, para citar alguns.

Nossa missão é falar com o público americano com uma voz unificada e verdadeira, falando em nome de dezenas de milhões de cristãos americanos que representamos coletivamente. Nossa mensagem: apoiar Israel e ao povo judeu, não só na oração, mas em esforços práticos.

Por exemplo, em março, uma carta foi redigida pela ACLI e assinada por 100 ministérios, líderes da igrejas e de negócios e enviada ao presidente Obama; líderes tanto da Câmara quanto do Senado expressando preocupação em relação às negociações com o Irã e pedindo-lhe para ficar com Israel.

Mais uma vez mudamos a folha do calendário e nos deparamos com um ano completamente novo. Todo ano novo traz consigo novas oportunidades e desafios. Estou compartilhando o que está no meu coração com vocês, pois vejo ambas as situações ocorrendo agora em 2015.

Antes do Ano Novo, sempre passo um tempo com o Senhor meditando sobre o que está por vir, tanto individualmente quanto corporativamente. Quero compartilhar com vocês alguns dos sinais que o Senhor me deu sobre esse ano, e alguns dos desafios que provavelmente vocês e eu enfrentaremos.

2015…O número 15 significa “DESCANSO”

Vemos na Bíblia que o descanso surge como resultado de libertação e salvação. Há três tempos específicos onde os israelitas foram convocados a descansarem. Foram instruídos a “descansarem do trabalho” na Páscoa (Lev. 23:6-7), e na Festa dos Tabernáculos (Lev. 23:33-35). Mas no livro de Ester, notamos outro tipo de descanso: Receberam o “descanso de seus inimigos” (Purim, Ester 9:22). Além do descanso, eles também tiverem seu pranto transformado em alegria.

Hoje vivemos em um tempo e lugares estratégicos. Deus nos levantou como indivíduos e como um ministério, “para um tempo como esse”. Ele nos chama para adentrarmos no nosso destino, sabendo que estamos cobertos pelo favor do Rei. Assim como Ester e seu povo, os judeus, tiveram inimigos que estavam determinados a impedir, prejudicar, e frustrar os planos de Deus – nós, como Aglow International, também temos inimigos que tentam nos deter.